• Imprimir
Concluídos - 2012

Adaptação Digital do Jogo Vida e Morte dos Linfócitos

Autores: Nelson Lucena Cordeiro & Ruan Costa Borges

Orientado pela Prof.ª Dr.ª Rosângela Lopes Lima

Resumo
Os jogos educacionais são mecanismos de aprendizado que buscam unir conhecimento e entretenimento. O jogo "Vida e Morte dos Linfócitos" encontra-se nesse contexto. O referido jogo trata, de modo resumido, dos passos que ocorrem durante a ontogenia dos linfócitos e tem por objetivo demonstrar aos alunos do curso de Imunologia a aleatoriedade encontrada no resultado final e auxiliar a compreensão dos passos do processo. Contudo para se chegar a um tamanho de amostra suficientemente grande que evidencie tal aleatoriedade é necessário jogar várias vezes, o que demanda tempo e consumo de material, sobretudo papel. Este trabalho monográfico foi idealizado a fim de potencializar a utilidade, reduzindo o tempo despendido em aula e a quantidade de material utilizada para a execução do jogo. O resultado esperado é sua adaptação para o meio digital preservando sua característica principal, uma ferramenta de auxílio a aprendizagem. Neste trabalho também são descritas todas as etapas do projeto, desde o levantamento de requisitos, passando pelo seu desenvolvimento e por fim a disponibilização da versão digital do jogo para testes com usuários e os resultados obtidos.


Alfabetização Lúdica: Um Jogo para Auxiliar o Professor no Processo de Letramento

Autora: Nárriman da Costa Rodrigues Ballock

Orientadora: Rosângela Lopes Lima

Resumo
Este trabalho apresenta um jogo como uma ferramenta para auxiliar os professores na alfabetização infantil. Tendo em vista a disseminação dos computadores pessoais e da Internet, através de um software educativo, acredita-se que o aprendizado é enriquecido por fazer uso de imagem e som que unidos formam uma ferramenta poderosa tanto na alfabetização quanto no desenvolvimento infantil. Acredita-se ser uma abordagem de fácil assimilação, onde a criança se interessa pelo aprendizado por envolver técnicas relacionadas com o raciocínio e universo infantil.


Aprendendo o Framework Ruby On Rails Atraves do Desenvolvimento de um Software Gerenciador das Olimpíadas da Uff

Autores: Carlos Heitor Diniz Moreira & Leonardo Sousa De Freitas

Orientador: Prof. Marco Antonio Monteiro Silva Ramos, D.Sc.

Resumo
O conceito de desenvolvimento ágil vem se tornando uma preocupação crescente na área de Ciência da Computação. Atualmente, o framework Ruby on Rails vem se apresentando como uma opção muito produtiva de desenvolvimento web, que alia robustez de recursos e agilidade no processo de desenvolvimento de software. Um problema prático constatado na UFF é a gestão de seus jogos estudantis, que atualmente é feita com auxílio de formulários manuais e planilhas eletrônicas. Neste contexto, esta monografia propõe o SIGOUFF - Sistema Gerenciador das Olimpíadas da UFF, um aplicativo que controla todas as atividades concernentes a gestão das Olimpíadas estudantis. A intenção deste trabalho é facilitar a aprendizagem de Ruby on Rails através do desenvolvimento de um sistema real.


Avaliando a Interação do Usuário: Um Estudo de Caso Com Crianças Com Síndrome de Down

Autora: Isys De Macedo Marques Ribeiro

Orientador: Prof.ª Dr ª Daniela Gorski Trevisan

Resumo
Softwares desenvolvidos especialmente para deficientes se concentram em facilitar e aperfeiçoar a interação do usuário com base nas suas necessidades. Para o público infantil, os softwares além das intenções citadas também surgem para auxiliar no crescimento cognitivo. Em 2010, foi criado o jogo JECRIPE (Jogo de Estímulo a Crianças com Síndrome de Down em Idade Pré-Escolar) para impulsionar habilidades como a fala, compreensão, atenção, percepção entre outros fatores necessários para um bom convívio social. Este trabalho propõe a aplicação do método elaborado por Campos (2010) para detectar problemas de usabilidade e diversão no jogo JECRIPE considerando um número maior de crianças com Síndrome de Down e sem conhecimento prévio do software em questão. A participação de mais avaliadores no processo de validação do método também foi considerada neste estudo. Os resultados obtidos indicam que o método mostrou-se apropriado para avaliar a usabilidade da interação. Entretanto no critério diversão métodos complementares devem ser investigados em estudos futuros.


Cálculo de Similaridade de Documentos XML

Autores: Bruno Ferreira Pinto & Fernando Campello

Orientador: Leonardo Gresta Paulino Murta

Coorientador: Vanessa Braganholo Murta

Resumo
Documentos XML possuem uma estrutura diferente dos documentos de texto comuns. Por esta razão, os algoritmos de diferenciação utilizados nos arquivos de texto comuns obtêm resultados insatisfatórios quando utilizados em documentos XML. Ao longo dos anos, algoritmos específicos foram criados para diferenciar este tipo de documento. O objetivo deste trabalho é discutir os principais algoritmos de diferenciação de documentos XML e apresentar um novo algoritmo. A ferramenta Phoenix foi criada com o intuito de implementar o algoritmo aqui discutido. Esta ferramenta aborda o problema de comparação de documentos XML com um diferencial, utilizando o conceito de similaridade. A Phoenix possui algumas limitações que podem ser trabalhadas em projetos futuros. Atualmente, algumas dessas limitações já estão sendo corrigidas por outros projetos.


Desenvolvimento de um Serviço Utilizando Web Service: Um Estudo de Caso

Autoras: Ana Paula Lima Lucas & Helena de Fátima Maimputo Victor

Orientadora: Teresa Cristina de Aguiar

Resumo
Atualmente existe a necessidade de troca de informações entre sistemas e o presente trabalho aborda esse tema. Neste trabalho é realizado um estudo sobre a Arquitetura Orientada a Serviços e Web Services. Através do estudo do caso foi desenvolvido um Web Service em Java, para distribuição de notícias, seguindo um processo de desenvolvimento de serviços para reúso. Este processo é composto por três etapas: na primeira etapa foi feita a identificação do serviço e levantamento dos requisitos funcionais e não funcionais. Na segunda etapa especificamos as operações, as exceções e a descrição do serviço. E por último implementamos e testamos o serviço. Web Service torna-se uma escolha inteligente por sua interoperabilidade, permitindo a comunicação com aplicações desenvolvidas em diferentes plataformas de hardware e linguagens de programação através de uma rede local ou Internet. As aplicações se comunicam com o Web Service através de protocolos baseados em XML.


Detecção de Diferenças Entre Diretórios Via Análise de Similaridades

Autor: Eraldo Borel

Orientador: Prof. Dr. Leonardo Gresta Paulino Murta

Resumo
Atualmente em ambientes de desenvolvimento de software, deseja-se que vários desenvolvedores possam trabalhar paralelamente sobre um mesmo artefato de desenvolvimento (Código fonte, Modelos UML, arquivos XML, etc.). Além disso, se faz necessário manter as diferentes versões deste mesmo artefato, geradas durante o processo evolutivo do software. Este armazenamento deve ser realizado de maneira organizada em um repositório para fácil consulta e distribuição. Em face disso, faz-se necessário lançar mão de ferramentas de Gerência de Configuração. Dentre vários mecanismos que compõem estas ferramentas, é possível destacar os mecanismos para detecção de diferenças (do inglês diff). Estes mecanismos se mostram importantes para facilitar o armazenamento do histórico do software. Igualmente, é necessário simplificar a compreensão dos desenvolvedores acerca das modificações que foram realizadas em cada um dos artefatos que compõem este software, além de diminuir o tráfego de dados durante as ações de check-in e update. Este trabalho realiza um estudo baseado em revisão sistemática de literatura a fim de elencar de maneira metodológica as características mais importantes destes mecanismos de diff. Em seguida, é realizada a implementação de uma destas características em um protótipo. Este protótipo, denominado DDIFF, permite ao usuário visualizar as modificações realizadas entre duas versões de um diretório. O DDIFF atua através da análise de similaridade de cada arquivo maximizando a similaridade total do diretório.


ENEM Digital para Deficientes Visuais

Autores: Carlos Gabriel de Abreu Almeida & Daniel Gustavo Pimentel Rodrigues &  Rodrigo Romão de Oliveira Martins Silva

Orientador: Profa. Dra. Daniela Gorski Trevisan

Resumo
A realidade dos deficientes ainda é muito desafiadora. Embora sejam crescentes os esforços para inseri-los no convívio social de maneira natural, algumas situações não são muito receptíveis a atendê-los. O acesso à graduação é uma delas. Assim, este trabalho apresenta um modelo digital que permitirá aos portadores de deficiência visual a realização, de forma independente, da prova do ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio). O modelo proposto baseia-se no conceito de acessibilidade e interação homem-computador. Com os testes de interação, verificou-se que o modelo teve ótima aceitação por parte do usuário-alvo, garantindo a realização da prova de forma independente, sem prejudicá-lo ou ajudá-lo.


Organizador Acadêmico UFF – Um Aplicativo para Dispositivo 
Móvel, Utilizando o Sistema iOS

Autores: Diego Antonio Nunes Zahn & Gabriel Loubake Gomes & Leandro Inacio Galuzzi

Orientadora: Profa Dra Rosângela Lopes Lima

Resumo
No presente trabalho é apresentado o desenvolvimento de um aplicativo a ser utilizado em smartphones iPhone e que visa tornar mais fácil para o aluno o acompanhamento de sua vida acadêmica. Para tal apresenta-se também conceitos inerentes a dispositivos móveis, bem como uma visão geral do panorama atual no que diz respeito a sistemas operacionais utilizados em tais dispositivos.


Privacidade em Redes Sociais

Autores: Gabriel Almeida de Oliveira & João Marcos de Souza Carvalho

Orientador: Antonio Augusto de Aragão Rocha


Simulações Científicas Inteligentes - Tornando Aplicações Mpi Autônomas e  Maleáveis

Autor: Felipe dos Santos Ribeiro

Orientador: Prof. PhD. Eugene Francis Vinod Rebello

Co-orientador: Prof. D.Sc. Alexandre Da Costa Sena

Resumo
Muitas aplicações em diversas áreas como engenharia, física e biologia requerem poder computacional e capacidade de armazenamento em larga escala. Para atender a essas necessidades a um custo razoável, as plataformas disponíveis para os cientistas, principalmente em países em desenvolvimento, são frequentemente compostas de diversos recursos interligados por redes de capacidades variadas, formando clusters, grades computacionais e/ou nuvens computacionais. Os recursos de uma grade ou nuvem geralmente são compartilhados e, portanto, de natureza dinâmica, tornando-os difíceis de serem aproveitados deficientemente. Devido à essa dificuldade, por causa da natureza dinâmica dos recursos e do pouco conhecimento do usuário sobre o ambiente, foi criado o gerenciador EasyGrid AMS, que têm como objetivo facilitar o trabalho do programador, permitindo à aplicação adaptar-se às mudanças ocorridas nos recursos disponíveis, tornando-a mais eficiente. O gerenciador EasyGrid AMS gerencia aplicações paralelas que utilizam a biblioteca MPI. Neste trabalho será acrescentado ao gerenciador EasyGrid AMS a propriedade de auto-configurar uma aplicação executada por meio dele, ou seja, habilidade de modificar a estrutura da aplicação paralela dinamicamente para um melhor aproveitamento dos recursos disponíveis. Essa auto-configuração será feita modificando-se o grau de paralelismo da aplicação dinamicamente (maleabilidade), e sem a necessidade de intervenção do usuário (autonomia). Como estudo de caso será utilizada uma aplicação de simulação astrofísica chamado N-Corpos, que calcula iterações entre corpos celestes e se assemelha com diversos programas de simulação. A aplicação N-Corpos foi escolhida como base, pois, além de ser uma importante aplicação científica utilizada atualmente, suas tarefas possuem relações de dependência que tornam necessário um gerenciamento extremamente eficaz.


Um Sistema para o Problema de Alocação de Salas para Turmas

Autores: Eduardo de Almeida Zanuto & Gustavo Hingel Morada

Orientadora: Profa. Dra. Regina Célia Paula Leal Toledo

Resumo
Neste trabalho apresentamos um sistema de controle de utilização de salas de aulas na Universidade. Este sistema, auxilia os órgãos responsáveis pela confecção de quadro de horários e necessitam definir os horários das disciplinas, seus módulos, os professores que serão responsáveis por cada uma delas e as salas onde cada disciplina será ministrada. O sistema é apresentado tomando como base o Instituto de Computação e as disciplinas oferecidas pelo Departamento de Ciência da Computação mas pode ser utilizado por qualquer outro departamento ou instituto.


Uma Abordagem para Testes de Aplicações RUBY ou RAILS

Autor: Diego Alves de Souza


Uma Infraestrutura de Monitoramento para a Rede do Instituto de Computação da UFF

Autora: Sean Stewart Faulstich Crammond

Orientador: Prof. PhD. Eugene Francis Vinod Rebello

Resumo
Redes de computadores crescem e se proliferam, em resposta a necessidade de se compartilhar recursos lógicos e físicos para processamento das informações criadas em empresas e ambientes de pesquisa e ensino em todo mundo. Estas redes são sujeitas a acessos não autorizados bem como falhas no fluxo de informação entre os nós, além de falhas nos próprios nós. Monitorar essas redes é de extrema importância, para saber de problemas assim que estes aconteçam, bem como poder prever possíveis problemas, sendo assim vital para que a informação que nelas trafegam não sofram interferências. Muitas redes consistem de milhares de computadores e servidores, separados geograficamente uns dos outros e com serviços diferentes que requerem atenção, tornando muito complexo a sua administração. Para que os administradores possam ter o domínio delas, os administradores dispõem de ferramentas de monitoramento para tornar o trabalho de administração da rede mais fácil. Neste projeto discutiremos o uso de algumas destas ferramentas e proporemos um modelo de monitoramento para a rede do Instituto de Computação da Universidade Federal Fluminense.


Coding Dojo: Novas Possibilidades para o Ensino de Programação

Autor: Bernardo Botelho Fontes

Orientador: Prof. D. Sc. Isabel Leite Cafezeiro

Resumo
Fomentar o ensino da programação é um ato importante para uma época em que a demanda por profissionais e pesquisadores na área vem aumentando continuamente. Entretanto, temos evidências de que o ensino que vem sendo aplicado hoje não vem alcançando resultados satisfatórios. Um indicador disso é o número de artigos publicados que abordam esse tema. Existem várias ferramentas e metodologias utilizadas pelos professores da área de programação para trabalhar com seus alunos, visando potencializar a maneira de educarem. Uma nova metodologia que vem crescendo e pode ser utilizada é a prática do Coding Dojo, um encontro da experiência coletiva com o aprendizado individual. O objetivo deste trabalho é abordar o Coding Dojo e entendê-lo como uma ferramenta auxiliar para o ensino de programação.


Elaboração de um Estudo para Implantação de um Centro de Descarte e Reuso de Peças de Informática

Autores: Antonio Carlos Magalhães Junior & Yuri Engle Valerio Kibaltchich

Orientadora: Profa Dra Rosângela Lopes Lima

Resumo
O projeto consiste de um estudo sobre tratamento de resíduo computacional e tem como objetivo a organização do conteúdo necessário para a implantação de um centro de descarte e reuso de equipamentos de informática.


Implantação e Avaliação de um Método de ranking baseado em Classificação

Autor: Igor Giusti da Silva

Orientadora: Bianca Zadrozny


Making Heuristics Faster with Data Mining

Autor: Daniel Paes Martins

Orientador: Alexandre Plastino de Carvalho D.Sc.

Co-orientadora: Simone de Lima Martins D.Sc.

Co-orientadora: Isabel Cristina Mello Rosseti D.Sc.

Resumo
Meta heurísticas representam uma importante classe de técnicas para a obtenção de boas soluções, em tempo computacional razoável, para problemas de otimização combinatória. São procedimentos de alto nível de propósito geral que podem ser instanciadas para explorar eficientemente o espaço de soluções de um problema combinatório específico. Um importante tópico em meta heurísticas é o desenvolvimento de meta heurísticas híbridas. Esses métodos híbridos resultam da combinação de conceitos e procedimentos de diferentes meta heurísticas clássicas ou da combinação de meta heurísticas com conceitos e processos de outras áreas de pesquisa responsáveis por realizar tarefas específicas que podem melhorar a técnica original. Anteriormente, foi desenvolvida uma versão da meta heurística GRASP (Greedy Randomized Adaptative Search Procedures) que incorporou um procedimento de mineração de dados. Considerou-se hipótese de que padrões obtidos por uma técnica de mineração de dados, a partir de um conjunto de soluções sub-ótimas de um problema de otimização combinatória, poderiam ser usados para guiar procedimentos meta heurísticos na busca por melhores soluções. Foram obtidos resultados promissores aplicando-se essas ideias a diferentes problemas de otimização combinatória, tais como: o problema do empacotamento de conjuntos, o problema de maximização da diversidade, e o problema de replicação de servidores para multicast confiável. O desafio deste trabalho _e introduzir um procedimento de mineração de dados a um importante método da literatura que combina elementos de diferentes meta heurísticas para resolver o problema das p-medianas, conhecido como heurística híbrida multistart {HH, buscando obter evidências de que, quando uma técnica é capaz de atingir a solução ótima, ou uma solução sub-ótima com pouca chance de melhora, os padrões minerados podem ser usados para guiar a busca pela solução ótima ou sub-ótima em menos tempo computacional. À nova versão denominou-se DM-HH. Experimentos computacionais, conduzidos em um conjunto de instâncias da literatura, mostraram que a nova versão da heurística híbrida foi capaz de atingir soluções ótimas e sub-ótimas, em média 27,32% mais rápido que a estratégia original.


Monitor de Métricas de Software

Autor: Wallace da Silva Ribeiro

Orientador: Prof. Dr. Leonardo Gresta Paulino Murta

Co-Orientador: Prof. Dr. Alexandre Plastino de Carvalho

Resumo
A sub-área da engenharia de software chamada gerência de configuração de software é responsável pelo estudo e controle das mudanças que ocorrem durante o desenvolvimento de projetos de software. Gerência de configuração de software estuda o que mudou, onde mudou e quais as consequências destas mudanças no projeto. Por outro lado, métrica de software é a medida quantitativa do grau em que um sistema, componente ou processo se encontra em relação a um determinado atributo. Portanto, o objetivo deste trabalho é empregar métricas de software no estudo de gerência de configuração de software. Para tal, desenvolvemos coletores para vinte e duas diferentes métricas básicas, um mecanismo para definir métricas compostas de outras métricas já existentes através de fórmulas e gráficos que permitem analisar tais métricas. Finalmente, fizemos uma experiência inicial da análise de alguns desses indicadores sobre o IdUFF, o sistema de gestão acadêmica da Universidade Federal Fluminense.


Protótipo de um Sistema de Receituário Online

Autores: João Paulo Lethier & Magno Mathias

Orientador: Prof. Dr. Jose Raphael Bokehi

Resumo
No Brasil, para que um paciente possa comprar um medicamento que necessita de prescrição médica, ainda é necessária a geração de uma receita impressa para que o paciente possa levar à farmácia e efetuar a compra do medicamento. A informatização desse processo, que pode trazer vantagens para médicos, farmacêuticos e pacientes, motivou o desenvolvimento de um protótipo de um sistema que faça o controle de receitas de forma online. Esse protótipo permite ao médico cadastrar a receita do paciente no sistema e à farmácia verificar a veracidade da mesma quando o paciente for comprar o medicamento. O desenvolvimento do protótipo foi feito com a utilização do framework de desenvolvimento de sistemas voltados para plataformas web, chamado RubyOnRails, e ferramentas de testes automatizados, como o Cucumber e o RSpec.


QUID: Uma Nova Ferramenta de Aprendizagem

Autores: Carolina Souza Costa & Rafael Martins Ferreira

Orientado por Profª. Dra. Rosângela Lopes Lima

Resumo
O presente trabalho tem como objetivo apresentar o jogo Quid que é uma ferramenta para auxiliar na aprendizagem, orientada a estudantes de qualquer nível de ensino, com o intuito propiciar uma maneira mais divertida de estudar. Esta ferramenta não substitui os métodos clássicos de ensino, mas busca complementar através da educação lúdica, que, para qualquer idade, agrega conhecimento na realização de desafios propostos.


Sistema de Informação para Suporte ao Cuidado Multiprofissional em Insuficiência Cardíaca

Autores: Felipe R. B. Cabral & Eduardo T. de Carvalho


Sistema Operacional Linux em Arquiteturas Multicore

Autores: Leonardo Gomes Marcello & Leonardo Sant'Anna do Valle Dias

Orientadora: Maria Cristina Silva Bôeres

Resumo
A arquitetura multicore surgiu como uma evolução em arquiteturas de computadores com o objetivo de aumentar o desempenho de execução de aplicações atuais através da exploração de paralelismo de execução. Uma máquina multicore possui mais de um núcleo de processamento e tais sistemas possibilitam a aplicação de técnicas que exploram o paralelismo a nível de threads, aliada às características existentes nas arquiteturas modernas. Para gerenciar e explorar todos os benefícios de tais arquiteturas, os sistemas operacionais e aplicações foram adaptados e até reprojetados para aumentar o desempenho de execução. Um exemplo de sistema operacional estudado neste projeto é o sistema operacional Linux, que implementa técnicas de gerenciamento e escalonamento de processos com o intuito de maximizar desempenho. Este trabalho tem como objetivo mostrar os motivadores para a evolução das arquiteturas, quais foram as alternativas desenvolvidas, como o sistema operacional Linux se adequou a essas mudanças e ilustrar, através de testes, como pode se tirar proveito da arquitetura multicore.


Um Estudo de Técnicas de Mineração de Dados para Classificação Com Aplicação em Classificação de Fontes de Dados Web

Autor: Luís Felipe da Silva Guariento

Orientador: Prof. Dr. Luiz André Portes Paes Leme

Resumo
Nesse trabalho, pretende-se explorar técnicas de mineração de dados para caracterização de fontes de dados. Para isso e necessário um estudo minucioso de técnicas de classificação conhecidas na literatura bem como um apanhado bibliográfico das metodologias por elas usadas. Devem-se caracterizar também métodos de avaliação de desempenho de classificadores distintos bem como maneiras de se evitar classificações de registros de maneira equivocadas. Por fim, analisa-se um experimento de categorização de fontes de dados pela técnica de classificação de Suporte Vector Machine de modo a validar sua eficiência na categorização de sites segundo variação de parâmetros específicos para o experimento.



Um Sistema para Rastreamento de Ônibus Usando Redes Veiculares

Autores: André Guimarães Coelho & Rennan Maciel de Oliveira

Orientador: Igor Monteiro Moraes


Uma Análise do Método de Diferenças Finitas Utilizando Passos de Tempo Ajustados Localmente

Autor: Jeferson Silva Mello

Orientador: Profa. Regina C. P. Leal Toledo, D.Sc.

Co-orientador: Prof. Otton Teixeira da Silveira Filho, D.Sc.

Resumo
A resolução do problema da propagação de ondas acústicas em meios contínuos é de grande interesse nas mais diversas áreas da ciência, como por exemplo, na geofísica, medicina, engenharia, entre outras. Este problema é modelado através de equações diferenciais parciais com condições inicial e de contorno conhecidas. Para um problema de sistêmica, por exemplo, a simulação da propagação da onda inclui meios anisotrópicos, interfaces que não são planas entre camadas, variação de velocidade/densidade entre outras características. Diversos métodos numéricos são utilizados para encontrar soluções aproximadas para a equação de onda, tal como o método de Diferenças finitas (MDF) utilizado no presente trabalho. O método de DF explícito, frequentemente utilizado para resolver esse tipo de problema, possui um critério de estabilidade para a garantia de convergência da solução numérica. Num domínio heterogêneo, a condição de estabilidade fica condicionada à região que necessita da discretização mais refinada, por exemplo, em um problema de sísmica, quanto maior a velocidade de propagação do meio, mais refinado deve ser o passo de tempo requerendo, de forma geral, um grande esforço computacional. O objetivo deste trabalho é analisar o comportamento do MDF com uma técnica, proposta em Falk et al (1998), que permite adaptar o passo de tempo localmente de acordo com a velocidade de propagação da onda. Baseados nestes esquemas, resolveu-se a equação da onda acústica para meios heterogêneos que necessitam de passos de tempo divididos por dois ou, em outros casos, por quatro. Além disso, simulou-se um campo que pode ser calculado com três diferentes passos de tempo. Essa abordagem aponta para uma redução no custo computacional em domínios onde o campo de velocidades não é homogêneo.


WIKIVIDEOS: Um Ambiente Virtual de Disponibilização de Vídeos na Web

Autores: Gabriel Ayres Saraiva & Leandro Oliveira da Silva & Thales Gonçalves Barros

Orientadora: Prof. Drª. Rosângela Lopes Lima

Resumo
O presente trabalho trata do desenvolvimento e apresentação de um portal audiovisual para a web que visa aumentar as possibilidades de aprendizagem dos alunos no Instituto de Computação da Universidade Federal Fluminense. Funcionando como um espaço para disponibilização de vídeos (como aulas, palestras, tutoriais etc.), o portal fornece a possibilidade de utilização por usuários como forma complementar de estudo.